Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Cultura e Turismo
Folclore da Grécia, Itália, Sérvia e Espanha mostra-se em Famalicão
    22-07-2019
    Realiza-se entre 2 e 4 de agosto a primeira edição do Famafolk, o Festival Internacional de Folclore de Famalicão que vai trazer ao concelho grupos da Grécia, Itália, Sérvia, Espanha e Brasil. No total participam no festival 11 grupos folclóricos, cinco vêm do estrangeiro, apesar de o Rancho Folclórico Maria da Fonte, Casa do Minho, do Rio de Janeiro, ser constituído por portugueses emigrados no Brasil e representar as tradições minhotas.

    O evento que tem como objetivo “promover, evidenciar e aproximar a riqueza do património tradicional local, nacional e internacional junto da comunidade” é organizado pela Rusga de Joane, com o apoio do município e foi apresentado em conferência de imprensa na passada sexta-feira.

    Nesta primeira edição, o festival decorre nas freguesias de Arnoso Santa Maria, Joane e Vila Nova de Famalicão, sendo que o objetivo é levar o festival às várias freguesias do concelho, de forma alternada. “A ideia é que o festival vá rodando por várias freguesias do concelho, e que a cada edição os grupos de Famalicão participem", como explicou o diretor artístico da Rusga de Joane, Ricardo Carneiro.

    “O concelho de Famalicão tem um património tradicional bastante rico e ativo e este evento pretende evidenciá-lo, promove-lo e partilhá-lo com os famalicenses e o público, através da intervenção de grupos nacionais e internacionais convidados”, adiantou o responsável.

    Segundo Ricardo Carneiro “esta primeira edição conta já com o apoio do Comité Internacional da Organização de Festivais de Folclore (CIOFF), mas o objetivo é no futuro conseguir o selo CIOFF que tem como condição a participação de oito a dez países e três continentes representados”.

    Para já são três dias de muito folclore, com música, cor e tradição. A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão “não poderia ficar de fora deste evento cultural nem deixar de o apoiar”, quem o garantiu foi o vereador da Cultura, Leonel Rocha, que aproveitou a oportunidade para salientar “a aposta que o município tem vindo a fazer no folclore, criando condições físicas de qualidade para desenvolverem o seu trabalho, mas também proporcionando intercâmbios e partilhas com outras culturas”.

    No município existem 23 grupos folclóricos, sendo que cada contribui à sua maneira para a memória coletiva do concelho, dando a conhecer e transmitindo as tradições mais ancestrais do território.

    A cerimónia de abertura decorre na sexta-feira, 2 de agosto, pelas 15h30, nos Paços do Concelho. Pelas 16h30 decorre um workshop intitulado “Danças do Mundo”, na Praça D. Maria II.

    Entretanto, à noite, pelas 21h30, realiza-se a gala de abertura, no largo da Igreja, em Arnoso Santa Maria, onde irão atual o Folk Group “Dimos Pileas Chortiati” da Grécia, o Gruppo Folk “La Miffrina”, de Itália, o Grupo Etnográfico Rusga de Joane, o Folklore Ensemble Elektroporcelan Arandjelovac, da Sérvia, o Agrupación Folklórica de Guantejina, deTenerife, Espanha e o Grupo Folclórico de Nine.

    No sábado, 3 de agosto, o festival acontece no Parque da Ribeira, em Joane, a partir das 21h30, com as participações do Grupo Etnográfico Rusga de Joane, o Folk Group “Dimos Pileas Chortiati” da Grécia, o Gruppo Folk “La Muffrina”, de Itália, o Grupo Folclórico das Terras da Feira – Casa Da Gaia, Argoncilhe, Santa Maria da Feira, o Folklore Ensemble Elektroporcelan Arandjelovac, da Sérvia, o Agrupación Folklórica de Guantejina, de Tenerife, Espanha e Grupo Etnofolclórico "RENASCER" de Areosa, de Viana do Castelo.

    No domingo, 4 de agosto, a Gala de encerramento do Famafolk, realiza-se nos Paços do Concelho, a partir das 21h30, com o Rancho Etnográfico de Ribeirão, o Folk Group “Dimos Pileas Chortiati”, da Grécia, o Gruppo Folk “La Muffrina”, de Itália, o Grupo Folclórico e Recreativo de Tabuadelo, de Guimarães, o Folklore Ensemble Elektroporcelan Arandjelovac, da Sérvia, o Rancho Folclórico Maria da Fonte, do Rio de Janeiro, Brasil, o Agrupación Folklórica de Guantejina, de Tenerife, Espanha, e a fechar o Grupo Etnográfico Rusga de Joane.

    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
886 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2019 | handmade by brainhouse