Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Paulo Cunha quer mais entrosamento entre associações
30-04-2014
O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão lembrou ontem que o crescimento do tecido associativo do concelho não depende apenas do apoio da autarquia, mas também da disponibilidade das coletividades famalicenses para colaborarem umas com as outras.

Paulo Cunha falava em mais um encontro do roteiro associativo, que esta terça-feira passou pelas freguesias de Gavião e Mogege. O edil famalicense reforçou a intenção da Câmara Municipal em avançar com a criação de um portal associativo de forma a que todos tenham conhecimento da atividade desenvolvida por cada coletividade, mas reiterou a ideia de que o crescimento da dinâmica associativa, bem como a resolução de muitos dos seus problemas, depende também de um maior entrosamento e diálogo entre associações.

Refira-se que os encontros com o movimento associativo das freguesias do concelho já duram desde janeiro. O autarca famalicense, acompanhado pela sua equipa de vereação, já percorreu perto de 30 das 49 freguesias do concelho, numa série de encontros marcados pela forte participação dos dirigentes associativos.
    Receber Notícias
 
 
Imprimir  
59438 leituras
 
|<   <<   1  2  3  4  5  6  7   >>   >|
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2019 | handmade by brainhouse