Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Roteiro da Inovação e Empreendedorismo e Inovação e Família e Atualidade e Ação Social
PASEC traz jovens de bairros sociais para a cidadania ativa
    15-01-2018
    Ir ao encontro das pessoas e não esperar que sejam as pessoas a vir ao nosso encontro. Este podia muito bem ser o lema da PASEC, instituição famalicense que em 2017 viu um dos seus projetos de intervenção sociocultural – o PASEC Underground - ser distinguido com o prémio de “Projeto Inspirador”.

    O programa de promoção de cidadania responsável promovido pela PASEC em comunidades de risco foi, aliás, o único do país a receber esta distinção atribuída pela União Europeia, através do Programa “Erasmus +”, e foi o foco das atenções da última jornada do Roteiro pela Inovação de Vila Nova de Famalicão, promovido pelo presidente da autarquia, Paulo Cunha.

    Ao todo estão envolvidos nesta iniciativa socialmente inovadora cerca de sete centenas de jovens residentes em contexto de bairro social nos concelhos de Famalicão, Guimarães, Santo Tirso, Paços de Ferreira, Braga, Funchal e ainda nos territórios de Varese, em Itália, e Mosteiros na Ilha do Fogo, em Cabo Verde. Garantir a inclusão social através da responsabilidade, do compromisso e da interação é o grande objetivo deste programa, que procura despertar social e culturalmente os jovens, na sua maior parte vítimas do insucesso escolar, estigmatizados pela sua proveniência, promotores de comportamentos desviantes e com graves índices de iliteracia, através da música, dança, teatro, entre outras áreas.

    Paulo Cunha elogiou o virtuosismo das iniciativas desenvolvidas no terreno pela PASEC, que considerou serem um sinal claro do que a comunidade pode fazer por si mesma. “A educação não formal é uma ferramenta importantíssima e, nesse sentido, a Câmara Municipal tem contado com a atividade meritória da PASEC que tem sabido entusiasmar, envolver e enturmar as pessoas, indo ao seu encontro e não esperando que sejam elas a vir à nossa procura”.

    Foi por isso sem surpresas que o edil famalicense viu as boas práticas da PASEC serem reconhecidas internacionalmente. “Pude perceber desde muito cedo que estávamos perante uma instituição que sabia o percurso que queria fazer e os objetivos que queria atingir. Os prémios que tem recebido são um sinal de reconhecimento externo daquilo que internamente, no concelho e na Câmara Municipal em concreto, há muito tínhamos percecionado”.

    A acompanhar o presidente da Câmara Municipal estiveram a presidente e o secretário-geral da PASEC, Sara Gomes e Abraão Costa, e ainda a coordenadora do PASEC Underground, Tânia Oliveira, para quem o sucesso do projeto reside na sua resposta diferenciadora. “São oportunidades que, muitas vezes, estes jovens não encontram na escola, no contexto formal. Junto da comunidade conseguimos dar uma reposta diferente, mais adequada e de acordo com as expectativas da população abrangida”, disse.

    Recorde-se que a PASEC – Plataforma de Ação Socioeducativa e Cultural é uma plataforma associativa não governamental fundada em 2001. Promover o Protagonismo Juvenil, a Inclusão Social e a Democracia Participativa através da Animação Sociocultural e Educativa são os principais objetivos da instituição, cujos vários projetos abrangem atualmente cerca de 6 mil pessoas.
12/01/2018 PASEC traz jovens de bairros sociais para a cidadania ativa
Imagens: FAMA TV
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
1872 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2019 | handmade by brainhouse