Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Juventude e Educação
Bolsas de estudo ajudam a concretizar sonhos
    28-03-2019
    “A bolsa de estudo é um apoio fundamental na hora de decidir o prosseguimento dos estudos no ensino superior”. Ana Rute Cardoso, que frequenta o 3.º ano do curso de Comunicação e Multimédia na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro não tem dúvidas em afirmar que “estudar é essencial para a construção de um futuro melhor, no entanto, quando isso implica mudar de cidade, arranjar casa e gastar muito dinheiro em transportes, a dúvida instala-se e são apoios como estes que nos ajudam a prosseguir”. A jovem universitária recebeu esta tarde, pela segunda vez, uma bolsa de estudo. A cerimónia de entrega dos cheques decorreu na Casa das Artes e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha.

    Numa intervenção desafiante, Paulo Cunha falou essencialmente de sonhos concretizados e de felicidade e deixou um apelo aos jovens: “Nunca se resignem e nunca deixem de ser ambiciosos. Sabemos que muitas vezes o mérito por si só não é o suficiente, mas nessas alturas a Câmara Municipal está aqui para ajudar e criar condições para que os sonhos sejam concretizados”.

    “Queremos que os famalicenses sejam bem sucedidos nas suas escolhas e queremos um futuro com qualidade para Vila Nova de Famalicão. Precisamos de recursos humanos qualificados para dar resposta ao nosso mercado de trabalho e por isso estamos disponíveis para contribuir através destas bolsas de estudo e outros apoios importantes”, adiantou o autarca, salientando que se trata principalmente de “assegurar o direito de cada um alcançar a felicidade”.

    Refira-se que a Câmara Municipal de Famalicão reforçou, este ano, o investimento na atribuição das bolsas de estudo ao ensino superior, passando dos 178 mil euros em 2018 para cerca de 183 mil euros, beneficiando 283 estudantes, mais dez do que no ano passado. Os apoios atribuídos oscilam entre os 1100 euros e os 500 euros.

    “Ano após ano estamos disponíveis para perceber se é ou não necessário ir mais longe na atribuição dos apoios”, referiu ainda o presidente da Câmara Municipal, , realçando que “hoje em dia apoiamos mais jovens, porque eles estão melhor informados acerca dos apoios existentes, muito graças ao trabalho desenvolvido pelo município, através da divulgação das iniciativas, que tem levado a informação até todos, o que é ótimo, pois não queremos que ninguém fique de fora dos apoios por falta de informação”.

    Por outro lado, segundo o autarca “atualmente, estamos a chegar cada vez mais longe, estamos a apoiar também os novos cursos Técnicos Superiores Profissionais, alargando assim a área de ação dos apoios”.
    Desde 2013, o investimento municipal concedido às bolsas de estudo para o ensino superior já aumentou em mais de 50 por cento, sendo que a verba municipal passou de 120 mil euros, em 2013, para cerca de 183 mil euros, em 2019. Também no que diz respeito aos alunos beneficiados se regista um aumento significativo, tendo passado de 145 alunos, em 2013, para 283, em 2019.
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
701 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2019 | handmade by brainhouse