Município de Famalicão: Notícias e Informações Úteis http://www.vilanovadefamalicao.org Últimas 10 notícias 15 asdad asdasd dasdad <![CDATA[Swonkie, a história de uma boa ideia executada com muito trabalho e paixão]]> http://www.vilanovadefamalicao.org/_swonkie_a_historia_de_uma_boa_ideia_executada_com_muito_trabalho_e_paixao </p><img src="http://www.vilanovadefamalicao.org/op/image/?co=126735&h=fdc47" width="303px" height="202px" border="0"/></p> “Esta é a história de uma ideia que deu origem a um projeto, de onde emergiu uma Startup, que fez nascer uma empresa e, acima de tudo, esta é a história de uma equipa, de uma grande equipa”, começa assim a narrativa da história da Swonkie, a startup famalicense que criou uma plataforma inovadora de gestão de redes sociais que está a conquistar as marcas e as agências portuguesas e cujo percurso de sucesso foi enaltecido publicamente na última sexta feira, 21 de junho, pelo presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, no âmbito do Roteiro pela Inovação de Vila Nova de Famalicão.

Pelas palavras concisas e determinadas de João Cortinhas, que juntamente com o Daniel Fernandes fundou e gere a empresa, percebe-se que a Swonkie é sobretudo a história de uma boa ideia posta em prática com muito trabalho e dedicação. Ao fim de apenas três anos de vida o resultado é esclarecedor quanto à qualidade e solidez do percurso realizado. A Swonkie já trabalha com mais de 200 agências a nível nacional e tem no seu portfólio de clientes 90% da media publisher em Portugal, onde se destacam o Grupo Impresa, a Media Capital, a RTP, Público e o Sapo, bem como marcas como a Parfois, o ActivoBank, a Carris ou a Konica Minolta. Em meados de 2018 começou a sua aposta no Brasil, o segundo país com o maior peso nas vendas, e, no primeiro trimestre de 2020, pretende abrir escritório em Madrid, como porta de entrada para o mercado latino americano.

Sediada nas instalações da Incubadora Famalicão Made IN da Riopele, a Swonkie cedo despertou atenções no país, tendo chegado, por exemplo, à fase de apresentação do projeto no Shark Tank Portugal, em 2016, que deu origem a uma ligação entre a Swonkie e o empresário Miguel Ribeiro Ferreira, que ainda perdura, e marcado presença significativa na primeira edição da Web Summit que se realizou em Portugal nesse mesmo ano.

Constituída por uma equipa de 15 pessoas, a Swonkie prepara-se para reforçar o número de colaboradores, ao mesmo tempo que perspetiva multiplicar por cinco a sua faturação em 2019. A plataforma criada permite ao cliente reduzir o tempo desperdiçado na criação e gestão de conteúdo para diferentes plataformas, ligando as redes sociais. “Somos uma solução de produtividade. Permitimos que as marcas e as empresas consigam distribuir todos os conteúdos para as diversas redes sociais de uma forma mais rápida e com isso vendemos tempo às empresas”, explica João Cortinhas.

Quanto ao segredo do sucesso, João Cortinhas, não hesita: “Um projeto só vai para a frente com muito trabalho, muita paixão, muita dedicação, e quando nós sabemos que temos mais obrigações que direitos numa missão. É esse o espirito que está presente neste grupo”.

O Presidente da Câmara Municipal enalteceu o trabalho, percurso e irreverência da Swonkie “uma empresa fora da caixa” que “traz um produto novo ao mercado que aporta um valor diferente” e que, por isso, “é um caso muito meritório, que mostra que uma boa ideia, bem executada e acompanhada com realismo pode dar bons frutos”. “O percurso da Swonkie é um exemplo para as novas gerações e para todos os potenciais empresários”, concluiu Paulo Cunha.

Nos próximos dias 28 e 29 de junho, a Swonkie organiza em Vila Nova de Famalicão o Social Media Hackathon, o maior evento nacional de social media, onde mais de vinte especialistas debatem em Vila Nova de Famalicão as principais tendências e partilham casos de estudo e conhecimentos sobre os principais temas em marketing digital.
]]>
<![CDATA[Igreja de Gavião vai ganhar nova envolvente]]> http://www.vilanovadefamalicao.org/_igreja_de_gaviao_vai_ganhar_nova_envolvente </p><img src="http://www.vilanovadefamalicao.org/op/image/?co=126739&h=60ad1" width="303px" height="202px" border="0"/></p> O adro paroquial de Gavião vai tornar-se “mais funcional e com a nobreza que um espaço como este reclama”. A garantia foi deixada pelo presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, na sessão pública de apresentação do projeto de requalificação do espaço, inserida nas comemorações do Dia da Freguesia realizada no passado dia 14 de junho.
Paulo Cunha referiu que a obra “vai melhorar muito as condições de acesso a um conjunto de funções prioritárias para a comunidade de Gavião”, como é o caso da igreja, da casa mortuária, do centro paroquial e do cemitério, mas vai também tornar o espaço mais útil para as pessoas, “com diversos usos”.
A empreitada, que deverá arrancar e ficar concluída em 2020, implicará a pavimentação de um largo junto à igreja, cuja entrada contará com duas áreas de espaços verdes, e a construção de uma nova praceta circular. Uma alteração baseada no conceito de um adro versátil sem ser dissonante com a envolvente, trazendo união a um conjunto urbano que se encontra descaraterizado e marcado pelo seu uso indiscriminado.
Paulo Cunha lembrou ainda que o projeto está recetivo a novos contributos que melhorem a proposta apresentada.
]]>
<![CDATA[Alunos da Cior prestam provas na Feira Medieval e Viking]]> http://www.vilanovadefamalicao.org/_alunos_da_cior_prestam_provas_na_feira_medieval_e_viking </p><img src="http://www.vilanovadefamalicao.org/op/image/?co=126745&h=dc9b3" width="303px" height="202px" border="0"/></p> Os alunos do Curso de Animação Sociocultural da Escola Profissional Cior vão colocar as suas aptidões à prova durante a Feira Medieval e Viking de Vila Nova de Famalicão, que vai decorrer de 4 a 7 de julho, nos Jardins D. Maria II. Tem sido assim, desde há vários anos, com a realização da PAP (Prova de Aptidão Profissional) no âmbito do evento. Os alunos irão encarnar diversas personagens desde músicos, malabaristas, acrobatas, cavaleiros, guerreiros, bailarinas, mercadores entre muitas outras. A envolvência da escola e dos alunos na Feira ganhou tem ganho tal relevância, que atualmente aos avaliados juntam-se os pais e encarregados de educação, familiares, antigos alunos e professores da Cior. No total são cerca de 500 figurantes envolvidos num projeto que é, desde o início, desenvolvido pela Escola Profissional CIOR com o apoio e colaboração da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.
Durante os quatro dias da Feira, de quinta a domingo, os visitantes podem usufruir, de uma forma permanente, do mercado medieval; jogos medievais e vikings; figurantes da época; música da época; exposição de animais de grande e pequeno porte; exposição de artefactos de tortura e morte; recriação da aldeia do povo ibérico e viking; recriação da aldeia dos leprosos e animações por todo o espaço.
O evento é uma recriação história da época medieval fazendo alusão à presença Viking no território de Vila Nova de Famalicão. Foi a 6 de setembro de 1016, conforme registo patente nos “Annales Portucalenses Veteres”, que chegou a Famalicão uma incursão dos normandos, “homens do norte” e se travou uma batalha em torno do Castelo de Vermoim.
]]>
<![CDATA[Famalicão recebe Cimeira Internacional da Inovação]]> http://www.vilanovadefamalicao.org/_famalicao_recebe_cimeira_internacional_da_inovacao </p><img src="http://www.vilanovadefamalicao.org/op/image/?co=126754&h=f904d" width="303px" height="202px" border="0"/></p> Vila Nova de Famalicão é o palco da realização da 16.ª Conferência Internacional da Inovação da COTEC, agendada para o dia 8 de Julho de 2019, na Casa das Artes, com a presença do Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa.

Realizada no coração de uma das principais regiões industriais portuguesas, no concelho que ostenta orgulhosamente a marca Cidade Têxtil, esta conferência internacional irá juntar gestores e empresários, académicos, decisores políticos, estudantes e outros especialistas, para discutir as principais tendências da inovação tecnológica na era 4.0.

A COTEC Portugal é presidida pela famalicense Isabel Furtado, a CEO da Têxtil Manuel Gonçalves, e tem como presidente honorário o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que marcará presença no encerramento do encontro.

O programa incluirá nove sessões e mais de 35 oradores, que versarão os seguintes temas: The ‘SME’ Test: EU’s Digital Single Market Policies for 4.0 Transition; Classroom Meets the Workplace; ‘Test before Invest’: Overcoming the ‘Death Valley’; Is i4.0 a Make or Break Challenge for Europe and Portugal?; Snapshots of the Future: Intelligent Assets for Unlocking the Circular Transition; The Transformation of the Workplace: Putting People and Intelligent Machines to Work Together; Frontrunners of Industry 4.0; Careers in Industry: Creating the Best Workplaces, Attracting and Retaining Talent; e Defending your Key Assets: Preserving Competitive Advantage by Protecting Inventions and Industrial Secrets. Ao longo da jornada de trabalho, os paryicipantes poderão ainda conhecer e experimentar diversas tecnologias 4.0 no ‘Tech Demonstration Floor’.

A COTEC Portugal é a principal associação empresarial portuguesa para a promoção da inovação e cooperação tecnológica empresarial. O universo da COTEC Portugal engloba empresas multinacionais, grandes grupos nacionais e PME’s, em vários setores de atividade, representando, em termos agregados, mais de 16% do PIB em valor acrescentado bruto e 8% do emprego privado. As atividades principais da COTEC Portugal incluem a antecipação e reflexão sobre temas chave da inovação com impacto na competitividade das empresas, a ativação de plataformas e redes colaborativas e a contribuição para a melhoria de políticas públicas em matérias de inovação. Constituída em 2003, a COTEC Portugal mereceu desde o primeiro momento o apoio do Presidente da República em exercício, o qual assume presentemente o estatuto de Presidente Honorário. Mais recentemente, a COTEC foi distinguida com o estatuto de instituição de utilidade pública.

Com a missão de «promover o aumento da competitividade das empresas localizadas em Portugal, através do desenvolvimento e difusão de uma cultura e de uma prática de inovação, bem como do conhecimento residente no país», a COTEC é uma associação sem fins lucrativos que conta com o apoio dos seus Associados e das instituições do Sistema Nacional de Inovação (SNI) para a concretização dos seus objectivos, através da realização de iniciativas em várias áreas.

Mais informações e inscrições em:
www.cotecportugal.pt/pt/noticias-e-eventos

]]>
<![CDATA[Campeonato de Portugal de Trial 4x4 passa este fim-de-semana por Famalicão]]> http://www.vilanovadefamalicao.org/_campeonato_de_portugal_de_trial_4x4_passa_este_fim-de-semana_por_famalicao </p><img src="http://www.vilanovadefamalicao.org/op/image/?co=126726&h=5ceb5" width="303px" height="202px" border="0"/></p> É já neste fim de semana que Vila Nova de Famalicão acolhe, pela primeira vez, uma prova da maior competição de trial 4x4 em Portugal.
A 3ª etapa do Campeonato de Portugal da modalidade vai contar com a participação de cerca de 30 equipas e toda a ação competitiva está agendada para este domingo, dia 23, a partir das 10h00, junto ao Lago Discount, em Ribeirão, numa pista composta, sobretudo, por obstáculos naturais.
No local, as equipas terão à sua disposição um amplo espaço asfaltado para a montagem das boxes e parque de estacionamento, assim como para todos o restante “staff” e público em geral.
O secretariado, que conjuga as verificações administrativas e técnicas, terá como base o centro da cidade nos espaços adjacentes à praceta Cupertino de Miranda e Praça Dona Maria II e decorrerá durante a tarde de sábado, dia 22.
Depois de 2 provas, Rui Rocha (Team Rj69) lidera o campeonato em termos Absolutos e segue também na frente da classe Proto. Em Super Proto Laurindo Mendonça (Sem Stress) é o líder com 45 pontos, seguido do campeão em título, Cláudio Ferreira, com 42 pontos. Na classe Extreme Carlos Gomes (Team Rafael e Gomes) tem 45 pontos, mais 20 do que Nuno Matos (Auto Bernardo Capitcho Team). Depois de 2 provas João Fernandes (Jovi Team) é líder isolado da Promoção e confirma o favoritismo nesta classe. Carlos Martins (Reciclopeças Team) vai na frente nos UTV/Buggy e Tiago Costa (Super Print) lidera em FUN.
Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, este "será um dos principais acontecimentos desportivos do concelho em 2019", numa modalidade marcante do ADN dos famalicenses.
]]>
<![CDATA[Cinema Paraíso: o cinema ao ar livre gratuito está de volta a Famalicão]]> http://www.vilanovadefamalicao.org/_cinema_paraiso_o_cinema_ao_ar_livre_gratuito_esta_de_volta_a_famalicao </p><img src="http://www.vilanovadefamalicao.org/op/image/?co=126708&h=3e0b3" width="303px" height="202px" border="0"/></p> No Verão, em Famalicão as luzes do cinema viram-se para os parques e praças da cidade.
A chegada das noites quentes anuncia mais uma edição do Cinema Paraíso, uma tradição com já 20 anos do Cineclube de Joane que com o apoio da Câmara Municipal propõem sessões de cinema ao ar livre gratuito em vários espaços públicos do concelho, durante os meses de julho e agosto.
Para além das noites de cinema no Parque da Devesa, o programa deste ano do Cinema Paraíso vai ainda passar por outros espaços do concelho, descentralizando assim a iniciativa às freguesias de São Simão de Novais, Cabeçudos e Lemenhe, com propostas que chegam ao grande público e que prometem surpreender os espetadores, com cinema popular de várias proveniências, do presente e do passado.
Todas as sessões têm início pelas 22h00 e são de entrada livre.
A primeira sessão arranca já no dia 10 de julho, na Devesa, com o filme “Bohemian Rhapsody”. No dia seguinte, dia 11, o filme “Dumbo”, de Tim Burton, é exibido na Praça Jerónimo de Castro, em Novais. Segue-se o filme “Cinema Paraíso”, no adro da Capela de Santa Catarina, em Cabeçudos, no dia 14 de julho. No dia 17, o cinema regressa à Devesa com a exibição do último filme da sequela Missão Impossível – “Missão Impossível – Fallout”. Dia 24 de julho, o Cinema Paraíso passa na Devesa o filme “Homem-Aranha: no universo aranha” e no dia 26, no adro da Capela de Nossa Senhora do Carmo, em Lemenhe, o filme “O Rio do Ouro”, do cineasta português Paulo Rocha.
A partir daí todas as sessões decorrem no Parque da Devesa, com a versão portuguesa do filme “Uma Aventura do Outro Mundo” no dia 7 de agosto; “O Carteiro de Pablo Neruda” no dia 14, e “Ou Nadas ou Afundas” no dia 21 de agosto.
Refira-se que o projeto itinerante de cinema ao ar livre decorre já desde 1999. A partir de 2013, com o Parque da Devesa, o Cinema Paraíso ganhou condições de excelência para a sua realização, acolhendo várias centenas de espetadores.
Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “a longevidade do Cinema Paraíso, que este ano assinala a sua 20.ª edição, é a prova de que este é um dos programas preferidos dos famalicenses para as noites de Verão”.


CINEMA PARAÍSO | PROGRAMA

PARQUE DA DEVESA
10 de Julho | Bohemian Rhapsody
17 de Julho | Missão: Impossível - Fallout
24 de Julho | Homem-Aranha: no universo aranha (versão portuguesa)
7 de Agosto | Uma Aventura do Outro Mundo (versão portuguesa)
14 de Agosto | O Carteiro de Pablo Neruda
21 de Agosto | Ou Nadas ou Afundas

ITINERÂNCIA PELAS FREGUESIAS
11 de Julho| São Simão de Novais (Praça Jerónimo de Castro) | Dumbo
14 de Julho |Cabeçudos (Adro da Capela de Santa Catarina) | Cinema Paraíso
26 de Julho |Lemenhe (Adro da Capela de Nossa Senhora do Carmo) | O Rio do Ouro
]]>
<![CDATA[“Falar, Ler e Escrever” envolveu 200 crianças do pré-escolar ]]> http://www.vilanovadefamalicao.org/_falar_ler_e_escrever_envolveu_200_criancas_do_pre-escolar </p><img src="http://www.vilanovadefamalicao.org/op/image/?co=126720&h=4e281" width="152px" height="202px" border="0"/></p> Cerca de 200 crianças famalicenses, de 5 anos de idade, participaram durante este ano letivo no projeto “Falar, Ler e Escrever” promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, em 18 jardins de infância do concelho.

Integrando a oferta dos programas educativos municipais, o projeto assenta na importância da promoção da linguagem oral em crianças de idade pré-escolar, utilizando estratégias lúdicas e do seu agrado, dinamizadas por uma equipa técnica da autarquia e às quais os JI do município dão continuidade na sua rotina diária.

Ao longo do ano letivo, três técnicas da autarquia, afetas ao pelouro da Educação (educóloga, terapeuta da fala e psicóloga), realizaram cinco visitas/atividades mensais nos jardins de infância. São trabalhadas com as crianças competências nas áreas da orientação espacial, da segmentação silábica, da consciência fonológica, da organização e da motricidade fina.

Previamente a cada atividade, a educadora, em sala, trabalha os livros que fazem parte do Plano Nacional de Leitura e que estão diretamente relacionados com as áreas de ação do projeto: “A toupeira que queria saber que lhe fizera aquilo na cabeça”, “O Nabo Gigante”, “Corre, corre cabacinha”, “A que sabe a lua” e “O Macaco de rabo cortado”.

“Falar, Ler e Escrever” é um projeto que não pretende ensinar a ler nem a escrever, mas a criar um ambiente educativo onde o contacto com o código escrito está muito presente e seja favorável ao desenvolvimento das crianças.

A diversidade de materiais incentiva a sua exploração e a consequente predisposição natural para a leitura e da escrita nos primeiros anos de escolaridade.

]]>
<![CDATA[Famalicão dá palco ao maior evento nacional de social media]]> http://www.vilanovadefamalicao.org/_famalicao_da_palco_ao_maior_evento_nacional_de_social_media </p><img src="http://www.vilanovadefamalicao.org/op/image/?co=126621&h=d3325" width="269px" height="202px" border="0"/></p> Nos próximos dias 28 e 29 de junho, mais de vinte especialistas de todas as áreas de social media debatem em Vila Nova de Famalicão, na Casa das Artes, as principais tendências e partilham casos de estudo e conhecimentos sobre os principais temas em marketing digital.
O Social Media Hackathon assume-se como o evento de social media do ano em Portugal e é promovido pela Swonkie, startup tecnológica instalada na Incubadora Famalicão Made IN - Polo Riopele, tendo a chancela do próprio Famalicão Made IN, programa da Câmara Municipal que visa exponenciar a já assinalável performance económica do concelho.
Vanessa Martins (Influencer), Paulo Faustino (Get Digital), Helena Coelho (Influencer), Martim Mariano (BBDO), Isabel Luna (DOTT), Márcio Miranda (Delta Q), Regina Santana (Get Digital), Pedro Costa (Loja do Shampoo), Vera Maia (Tudo Sobre Ecommerce), Ricardo Nunes (Mindshare), Filipa Mendes (Konica Minolta), Marta Kadosh e Rita Cavalheiros (Salsa) e Roberto Gomes (Brinfer) são alguns dos nomes já confirmados para o painel de oradores.
Influencer Marketing, Content Marketing, Video Marketing, E-commerce são exemplos de temas a abordar no Social Media Hackathon, que tem também previstas conferências e debates em torno das necessidades do mercado e dos negócios em geral.
A Swonkie é uma das mais bem-sucedidas startups nacionais, tendo desenvolvido uma plataforma de gestão de redes sociais.
Inscrições para o evento em https://socialmediahackathon.com.
]]>
<![CDATA[O bacalhau à mesa com os vikings]]> http://www.vilanovadefamalicao.org/_o_bacalhau_a_mesa_com_os_vikings </p><img src="http://www.vilanovadefamalicao.org/op/image/?co=126629&h=f9868" width="303px" height="202px" border="0"/></p> Já é mais que sabido que, durante a idade média, a costa portuguesa foi invadida por Vikings. Aquilo que se vai sabendo cada vez mais é que foram eles que trouxeram o famoso bacalhau para Portugal. Os Vikings foram os grandes pioneiros no consumo do bacalhau, sendo que costumavam comê-lo seco e aos pedaços nas suas longas viagens marítimas, pois este era o seu alimento predileto.
Isso mesmo levou a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão a associar o bacalhau à Feira Medieval e Viking, em mais uma sessão dos Dias à Mesa. Entre 4 e 7 de julho, o bacalhau é rei em Vila Nova de Famalicão, conjugando-se com um evento cultural histórico que atrai habitualmente muitos milhares de pessoas até ao concelho. Este é, de resto o principal objetivo da iniciativa Dias á Mesa, que arrancou no Carnaval, com o Cozido à Portuguesa e nas Festas de Maio, com os Rojões.
Ao longo do ano, contam-se oito fins-de-semana gastronómicos sempre associados a eventos culturais e desportivos do município.
Desta vez, são 14 os restaurantes aderentes – Alfa, Bisconde, Colina do Ave, Combinação de Sabores, Craazy’s, Dona Maria Pregaria, El Vagabundo, Ganesh Club, Moutados de Baixo, Páteo das Figueiras, Porta-Enxerto, Praça, Tanoeiro, Vinha Nova. Assado no forno ou na brasa, cozido, frito, de cebolada, com natas... são vários os formatos de confeção do bacalhau disponíveis, em função da especialidade e do saber fazer de cada um dos restaurantes aderentes.
Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, “qualquer altura do ano é boa para degustar um bom prato de bacalhau, no entanto, ao conjugar esta iguaria gastronómica com a sua história, estamos a proporcionar uma experiência enriquecedora do ponto de vista cultural e gastronómico aos visitantes que nos procuram por esta altura do ano”. Para o autarca “Os Dias à Mesa são um projeto turístico com dimensão horizontal, que junta a gastronomia com outros atrativos, enriquecendo a nossa agenda cultural e desportiva e chamando até Vila Nova de Famalicão mais pessoas”.
]]>
<![CDATA[Feira Medieval Viking de Famalicão está a chegar]]> http://www.vilanovadefamalicao.org/_feira_medieval_viking_de_famalicao_esta_a_chegar </p><img src="http://www.vilanovadefamalicao.org/op/image/?co=126615&h=8cff0" width="303px" height="202px" border="0"/></p> Os vikings estão de volta a Famalicão! Entre 4 e 7 de julho, em toda a extensão da Praça D. Maria II, realiza-se a Feira Medieval Viking, que é já o mais extenso evento evocativo da presença viking na Península Ibérica.
Tal como é habitual, são esperadas milhares de pessoas no espaço central da cidade de Vila Nova de Famalicão que são convidadas a conhecer um facto histórico que já completou um milénio mas que ainda é desconhecido de muitos. De facto, foi em 2016, que se cumpriram 1000 anos sobre a incursão normanda/viking que foi enfrentada, no ano de 1016, no então Castelo de Vermoim.
A Feira Medieval Viking é uma oportunidade de todos poderem fazer a festa mas também de partilhar saberes diversos, num ambiente familiar, acolhedor e divertido. A organização está a cargo da Escola Profissional CIOR, com o apoio do Município.
A realização deste evento justifica o apoio do Município já que cumpre a premissa da afirmação territorial e da projeção cultural e turística do concelho de Vila Nova de Famalicão, através de projetos, iniciativas e eventos com valor acrescentado e diferenciador da oferta regional e nacional, apostando numa marca/temática Viking singular.
Há mil anos, o território que hoje é Vila Nova de Famalicão já era estratégico no contexto de toda a região e nem os Normandos (Vikings) deixavam de por aqui passar e deixar marcas.
A envolvência da temática Viking no nosso concelho acompanha também, ao nível gastronómico, o bacalhau, alimento que vários especialistas apontam como popularizado em Portugal pela presença normanda no território. Por este facto, a Feira Medieval Viking liga-se, em complementaridade, com a iniciativa “Dias à Mesa” que, neste particular, promoverá o consumo do bacalhau em diversos restaurantes do concelho.
]]>