Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Freguesias
Junta de Riba de Ave assegura permanência dos CTT na Vila
    05-02-2018
    A Vila de Riba de Ave já não vai ficar sem o serviço dos Correios que era prestado pelo posto local dos CTT. Para assegurar a manutenção deste serviço público à população e para evitar que o mesmo caísse nas mãos de privados a Junta de Freguesia, em articulação e com o apoio da Câmara Municipal de vila Nova de Famalicão, chegou a acordo com a administração dos CTT para a instalação de um balcão na sede daquela autarquia local, que vai garantir todas as tarefas até agora prestadas no posto.

    Para isso, a Câmara de Famalicão vai avançar de imediato com um conjunto de obras de remodelação e adaptação do espaço da Junta de Freguesia para acolher o novo serviço, que deverá ficar disponível durante o mês de março. Será ainda contratada uma pessoa pela Junta de Freguesia para o efeito que receberá formação na área. Em contrapartida, os CTT assumem a respetiva compensação financeira em função do volume do serviço prestado.
    Esta foi a solução encontrada para que a população ribadavense “não perca este serviço essencial à dinâmica da freguesia”, afirma a propósito o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que chegou a reunir-se com administração dos CTT, tentando contrariar a intenção de encerramento do Posto dos Correios na Vila.

    Também a presidente de Junta de Freguesia, Susana Pereira tentou evitar de todas as formas o fecho do posto dos CTT. “Quando percebemos que o encerramento das atuais instalações era inevitável tivemos que avançar para o plano B de forma a preservar os superiores interesses da nossa comunidade”, referiu a autarca.

    Recorde-se que no início de janeiro, a administração dos CTT anunciou um plano de reestruturação que previa o encerramento, no primeiro trimestre de 2018, de 22 balcões em todo o país, onde se inclui o de Riba de Ave. Este anúncio gerou muita contestação junto da população e dos autarcas, no entanto, apesar dos protestos o encerramento do Posto dos Correios vai mesmo acontecer.

    “Esta não é a solução que desejávamos, mas é a solução possível tendo em conta a realidade e os interesses maiores da população. Conseguimos manter todos os serviços que eram efetuados no Posto dos Correios, num espaço também central na freguesia, com condições de qualidade”, adianta ainda Paulo Cunha.

    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
2047 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2018 | handmade by brainhouse