Pesquisar
 
 
 
 
Alterar tamanho do texto
Economia e Câmara
Jorge Moreira da Silva apresenta Relatório de Sustentabilidade
    16-11-2018
    O Diretor da Cooperação para o Desenvolvimento da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico), Jorge Moreira da Silva, vai estar em Vila Nova de Famalicão, no próximo dia 26 de novembro, para a apresentação do Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social (RSRS) do município. O famalicense que ocupou o cargo de ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, no Governo de Passos Coelho, e que se tem vindo a destacar pelo trabalho desenvolvido como consultor de organizações internacionais na área da energia e ambiente, vai explicar a importância do documento e o seu contributo para a sustentabilidade e responsabilidade social. A sessão que vai decorrer no Centro de Estudos Camilianos, em S. Miguel de Seide, pelas 11h15, conta também com a presença do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

    Elaborado pela primeira vez, na autarquia famalicense, o RSRS pretende dar a conhecer a atividade municipal de uma forma integrada e global evidenciando o seu contributo para a promoção da sustentabilidade e da responsabilidade social no território, dando conta do que está a ser feito e como está a ser feito, onde são investidos os recursos (financeiros, materiais ou humanos) do município e como se está a cumprir o plano estratégico delineado.

    Para o presidente da Câmara Municipal trata-se de um “documento essencial para a saúde democrática, no âmbito de uma política de transparência, compromisso e responsabilidade”. Paulo Cunha salienta que “com a publicação do primeiro Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social do Município de Vila Nova de Famalicão damos mais um passo em frente no exercício de clareza que fazemos questão de manter no nosso município. Através deste documento, apresentamos resultados sobre a nossa sustentabilidade económica e a nossa responsabilidade social e ambiental.” E sublinha: “O nosso compromisso com o presente é muito sério e determinado, mas não o é menos com o futuro. O conceito de sustentabilidade é para isso mesmo que remete, para a superação das necessidades atuais dos cidadãos, sem comprometimento do futuro das próximas gerações.”

    Uma das novidades do documento é a equiparação da atividade municipal com os padrões internacionais e com as grandes metas, desafios e compromissos internacionais. Na senda deste desafio, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão recorreu aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, fixados pela ONU em 2015 e que constitui a nova Agenda de Ação até 2030. “Em tudo o que fazemos procuramos contribuir para a construção de mais um passo, de mais um degrau no caminho do desenvolvimento sustentável. É por essa razão que neste relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social iremos também identificar nas nossas ações, atividades e programas, os ODS fixados pela ONU a que estamos a responder e para os quais estamos a contribuir, para no fim criarmos um concelho, uma região, um país e um mundo melhor para os que hoje cá habitam, mas também, para aqueles que depois de nós farão o desenvolvimento sustentável”, refere o documento.

    O relatório com cerca de 150 páginas, assenta em três áreas de desenvolvimento: económico; ambiental e social, sendo que a governança surge como elemento de união.
    Na organização do documento surge em primeiro lugar uma apresentação do território. Segue-se um capitulo sobre governança, compromissos e envolvimentos, depois aborda-se a sustentabilidade económica, a responsabilidade ambiental, a responsabilidade social. E a terminar um capitulo sobre o compromisso do município com os ODS.
    Receber Notícias
 
 
Subscrever RSS  
 
Enviar por email  
 
Imprimir  
471 leituras
 
 
TOPO
 
   
  Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2018 | handmade by brainhouse