Pesquisar
 
 
 
 
A vida são dois dias e o Carnaval são cinco
20-02-2017
    Diz o provérbio popular que “esta vida são dois dias e o Carnaval são três”. No entanto, em Vila Nova de Famalicão, onde se vive o carnaval na forma mais genuína e popular, a folia começa já nesta sexta-feira, 24 de fevereiro, e prolonga-se até à terça-feira. A noite de 27 para 28 é o ponto alto da festa, com milhares de pessoas mascaradas nas ruas da cidade.
 
    2787 leituras
    ver mais »
Atualidade
    22-02-2017
    A abertura das comemorações do centenário de nascimento de Lino Lima, brindada por um solarengo dia de inverno, ficou marcada pela inauguração da Praceta Lino Lima situada entre a rua Conselheiro Santos Viegas e a rua Manuel Pinto de Sousa, junto aos Paços do Concelho, onde se concentraram familiares, admiradores e muitos populares que quiseram associar-se à homenagem.

    Paulo Cunha salientou a importância da criação de “um marco no espaço público, que perpetua e dignifica a memória de Lino Lima na consciência coletiva”. “Esta sessão pode ser efémera, mas a Praceta é uma marca que caraterizará para sempre Vila Nova de Famalicão eternizando o riquíssimo legado que nos deixou”, salientou.

    Paulo Cunha falava durante a sessão solene que juntou personalidades e militantes de vários quadrantes políticos, onde todos destacaram a luta levada a cabo pelo advogado que, nascido no Porto, cresceu e viveu em Famalicão, tendo sido a partir de sua casa que, em abril de 1974, foi criado o centro de trabalho do PCP local.

    O autarca destacou que Lino Lima "teve um importante papel na construção de um estado de direito democrático em Portugal", considerando ser "relevante perceber" que entre os famalicenses "viveu um homem com essas características e caráter".

    "Sem amarras ideológicas, sem espartilho partidário, decidimos organizar esta cerimónia e um conjunto de iniciativas em parceria com o PCP”, referiu ainda o autarca.
    Por sua vez, Jerónimo de Sousa recordou Lino Lima. "Estamos a homenagear um homem de convicções e de caráter que desde cedo fez opções, colocando-se ao lado dos injustiçados, dos mais frágeis, do lado da democracia e da liberdade", referiu.

    O líder dos comunistas contou que "a maior alegria" de Lino Lima, que aderiu ao PCP em 1941 e foi preso político por quatro vezes, "foi a revolução libertadora de 1974".
    "Veio a tornar-se um dos advogados mais importantes quer da Comarca, quer na defesa dos presos políticos nos Tribunais Plenários. Homem sério que tinha da política uma conceção de servir e não de se servir" referiu o secretário-geral do PCP.

    Na cerimónia também participou, em representação da família, um sobrinho de Lino Lima, José Aguiar, que além de agradecer "o reconhecimento e estima" pelo tio, apontou que o homenageado "entenderia e estenderia esta homenagem a todas as mulheres e todos os homens que lutaram e lutam pela liberdade".

    Entretanto, coube ao investigador Artur Sá da Costa apresentar Lino Lima e contextualizar a homenagem. Segundo Sá da Costa é importante perceber que "a liberdade tem uma história e Lino Lima faz parte dessa história."

    A homenagem contou ainda com a abertura da exposição itinerante “Lino Lima – Uma Vida pela Liberdade”, que está patente no átrio dos Paços do Concelho até à próxima semana, podendo depois ser visitada na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco.

    O programa evocativo que vai prolongar-se ao longo de 2017 prevê ainda a realização de um colóquio sobre a plurifacetada personalidade de Lino Lima: o cidadão, o advogado, o oposicionista à ditadura, o deputado, e a edição de uma brochura com depoimentos/testemunhos de familiares e amigos

    Nascido no Porto, Lino Lima veio com os pais, ainda criança, para Vila Nova de Famalicão, onde cresceu, viveu e trabalhou. Veio a tornar-se um dos advogados mais importantes do seu tempo, quer na comarca, quer na defesa dos presos políticos nos Tribunais Plenários. Apesar disso, teve uma intensa atividade política, inicialmente na clandestinidade e, no final da grande guerra na “luta legal”, ligando-se aos movimentos políticos criados ou apoiados pelo PCP, como o MUNAF e o MUD, a cujas comissões nacionais pertence.

    Esteve com as candidaturas presidenciais de Ruy Luís Gomes e Humberto Delgado, participando ativamente nas eleições legislativas para a Assembleia Nacional de 1957 e 1969, assim como nos Congressos Republicanos de 1957 e 1969, e no Congresso da Oposição Democrática de 1973, onde tem um papel destacado, integrando as respetivas Comissões Nacionais e Executivas e ao fazer intervenções políticas.
    Tornou-se Líder da Oposição Democrática do Distrito de Braga, que nos anos 60 ousou autodenominar-se “Os Democratas de Braga”, granjeando notoriedade nacional ao lado de Victor Sá, Santos Simões, Humberto Soeiro e Eduardo Ribeiro.

    A Câmara municipal de Vila Nova de Famalicão atribuiu a Lino Lima, em 1996, a medalha de honra do município, e no mesmo ano o Presidente da República, Jorge Sampaio condecorou-o com a Grã Cruz do Infante. Em 9 de Janeiro de 1999, a Assembleia da República aprovou por unanimidade um voto de pesar pela sua morte. Idêntica atitude tomou em 26 de Fevereiro de 1999 a Assembleia Municipal de Vila Nova de Famalicão.
Turismo
    20-02-2017
    O que outrora foi uma típica casa rural, com a corte dos animais e as alfaias agrícolas no piso inferior, para aquecer quem morava no piso de cima da habitação, é hoje um moderno e requintado empreendimento turístico de alojamento local. A Casa da Estalagem, em Vermoim, Vila Nova de Famalicão, hoje inaugurada pelo Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, no âmbito do roteiro Famalicão Made IN, é também peculiar.
Atualidade
    20-02-2017
    Foi “Pela Nossa Terra” que o eurodeputado minhoto José Manuel Fernandes criou a agenda anual que aproxima o Minho da Europa e a Europa do Minho. A edição 2017 da publicação foi lançada na passada sexta-feira, 18 de fevereiro, na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, com apresentações do eurodeputado Francisco Assis e do Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha.
Freguesias
    21-02-2017
    “Memória Aberta” é título do trabalho que venceu o concurso de ideias “Desafios Urbanos’16” lançado em outubro de 2016, pelo portal Espaço de Arquitetura, com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, e com o objetivo de recolher contributos para a revitalização da histórica Fábrica Sampaio Ferreira, de Riba de Ave.
    101 leituras
    1511 leituras
Agenda
Em destaque
   
Exposições
    Sexta 24 a segunda 20 mar
XI Bienal de Pintura Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular
 
    Casa das Artes - Foyer
    Comissaria/Curadora da XI Bienal: L. Paula Vázquez
 
    ver mais »
 
Próximos eventos
Cinema
    Sábado 25
    Casa das Artes - Pequeno Auditório | 18h e 21h30
 
Teatro
    Sábado 25 a Sábado 20 Maio
    Seniores
      Segunda 27
      Vila Nova de Famalicão -Pavilhão Municipal
     
    Receba Notícias de Famalicão
    Receba todas as notícias sobre o Município de Vila Nova de Famalicão no computador.
     
    Freguesias
    Selecione a Freguesia
    Famalicão na Imprensa
    Ligações Úteis
    Agenda Cultural
     
    Fevereiro/2017
    PDF Download »
    Ver destaques »
    Casa das Artes | Agenda Fevereiro
    Balcão Único de Atendimento

    Concursos, Formulários, Regulamentos, etc
    Sugestões
    Porque a sua participação é importante, utilize este espaço para fazer qualquer sugestão ou reclamação à Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.
    Nome
    Email
    Mensagem
    Dados
    Visitas Hoje Visitas Ontem Pessoas Online
    1435 5146 146
     
    Destaques


    Publicações
     
    Boletim Municipal
    Dezembro/2016
    PDF Download »
      Outras edições »
    Banco de Imagens
    Multimédia

    20/02/2017 Requinte informal na Casa da Estalagem
    Imagens: FAMA TV
    Município nas Redes Sociais

    Outros Destaques
     
       
      Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão © copyright 2017 | handmade by brainhouse